Embaixada de Portugal em Estocolmo - Suécia

  • Aumentar o tamanho da fonte
  • Tamanho padrão da fonte
  • Diminuir tamanho da fonte
Home
Destaques


Versão para impressão
armas portugal  

Concurso Externo para o Recrutamento de um Assistente Técnico para Exercer Funções na Embaixada de Portugal em Estocolmo

No dia 2 de junho de 2015, pelas 10 horas, reuniu o Júri do presente concurso externo, presidido pelo Embaixador José Júlio Pereira Gomes, que se fez acompanhar pelo 1.º Vogal, o Primeiro-secretário de Embaixada André Oliveira e 2.º Vogal, a Técnica Superior Tereza Forsberg.

Da ordem de trabalhos da reunião constou a apreciação das candidaturas apresentadas tendo em conta os requisitos de admissão ao concurso fixados no aviso de abertura de 27 de abril de 2015.

 

Ata da reunião de apreciação das candidaturas:

Ata nº 3

Anexo nº 1 da Ata nº 3

 

Outros documentos relativos à abertura do concurso:

Aviso sobre a prorrogação do concurso

Aviso sobre a abertura do procedimento concursal.

 
Versão para impressão

Emídio Guerreiro Promoveu Centros de Alto Rendimento Desportivo na Suécia

O Secretário de Estado do Desporto e Juventude, Emídio Guerreiro, apresentou a rede de Centros de Alto Rendimento desportivo portuguesa durante uma visita oficial que realizou à Suécia.

Emídio Guerreiro foi recebido pela Secretária de Estado para a Saúde e Assuntos Sociais, Agneta Karlsson, com quem, para além da informação prestada dos equipamentos desportivos portugueses, foram abordados temas como a importância da economia do desporto, o jogo online e também a combinação de resultados como uma das principais ameaças que impende sobre o desporto.

Emídio Guerreiro, juntamente com o presidente da Fundação do Desporto, Carlos Marta, e o presidente do Instituto Português do Desporto e Juventude, Augusto Baganha, esteve reunido com o Presidente do Comité Olímpico da Suécia, a quem apresentou os treze equipamentos desportivos que atualmente compõem  a rede de Centros de Alto Rendimento.

O Secretário de Estado esteve ainda presente numa homenagem promovida pelos Municípios de Solna e Estocolmo, com o descerrar de uma placa que assinala o local onde, em 1912, caiu morto Francisco Lázaro, durante a sua participação na maratona de Estocolmo.

 http://www.portugal.gov.pt/pt/os-ministerios/ministro-da-presidencia-e-dos-assuntos-parlamentares/mantenha-se-atualizado/20150529-sedj-estocolmo.aspx

 
Versão para impressão

1ª Conferência Europeia sobre Comportamentos Aditivos e Dependências (Lisboa, 23-25 de setembro de 2015)

Realizar-se-á em Lisboa, entre 23 e 25 de setembro de 2015, a  1ª Conferência Europeia sobre Comportamentos Aditivos e Dependências. Esta iniciativa é organizada pelo SICAD (Serviço de Intervenção nos Comportamentos Aditivos e Dependências), pela revista científica internacional "Addiction", pelo EMCDDA (European Monitoring Centre for Drugs and Drug Addiction) e pelo ISAJE (International Society of Addiction Journal Editors).

A conferência constitui uma oportunidade única para investigadores, profissionais médicos e peritos de vários países e especialidades debaterem os mais recentes desenvolvimentos no que toca à prevenção, tratamento e controlo da dependência.

Mais informação e registo em http://www.lisbonaddictions.eu/start

 

 



embaixada_front-sm
Contactos
Narvavägen 30-32  2 Tr
115 22 Estocolmo
Suécia
Tel: +46 (0)8 545 670 60
[Ver Detalhe]
Faixa publicitária
Faixa publicitária
Faixa publicitária
Faixa publicitária
Faixa publicitária
Faixa publicitária
Faixa publicitária
Faixa publicitária

Destaques

Atribuição de Apoios pela DGACCP

Consulte no Portal das Comunidades Portuguesas o Regulamento de Atribuição de Apoios da Direção-Geral dos Assuntos Consulares e das Comunidades Portuguesas.

Podem candidatar-se aos referidos apoios:

a) Associações e federações das comunidades portuguesas legalmente constituídas, sem fins lucrativos ou partidários, cuja actividade vise o benefício sócio-cultural das referidas comunidades;
b) Cidadãos ou grupos de cidadãos, portugueses ou lusodescendentes, que se constituam com a finalidade de desenvolver um projecto específico que prossiga algum dos objectivos definidos no artigo 1º;
c) Outras entidades nacionais ou estrangeiras, sem fins lucrativos ou partidários, que proponham a realização de projectos que resultem em benefício das comunidades portuguesas e se enquadrem em algum dos objectivos definidos no artigo 1º.